Por falta de pagamento, paralisação será realizada no Casep de Criciúma

Funcionários do Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Criciúma, local...

Por Tcharlles Fernandes

Funcionários do Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Criciúma, local que abriga menores infratores, realizarão uma paralisação com início amanhã pela manhã. O motivo é a falta de pagamento com atraso de dois meses. Esta não é a primeira vez que ocorre o impasse. No ano passado houve uma paralisação pelo mesmo motivo. Tumultos provocados por adolescentes chegaram a ser registrados por conta da proibição de visitas de familiares e saída aos pátios.

“O Casep está lotado de adolescentes. Falaram que não pagaram ainda porque estão devendo R$ 900. Já foi avisado que vamos todos pra rua (demissão) no dia 24 de dezembro”, relatou um funcionário. “Amanhã às 7h vamos cruzar os braços e ir pra frente do Casep”, adiantou.

Na primeira paralisação no final do ano passado, funcionários que deram entrevista e foram identificados foram demitidos em seguida por represália. O Casep até então era sob administração terceirizada pela ONG Multiplicando Talentos, alvo de uma operação do Gaeco por desvio de verbas o qual o presidente, Eduardo Milioli, segue preso. Desde a Operação Talentos, o Estado assumiu diretamente a administração.   Fonte: Rádio Hulha Negra

Recomendados para você

Seis presos não voltam ao presídio após saída temporária em Criciúma

Seis presos não voltam ao presídio após saída temporária em Criciúma

Seis detentos estão sendo considerados foragidos do Presídio Santa Augusta, por não...

Homem morre após ser atingido por raio em Criciúma

Homem morre após ser atingido por raio em Criciúma

Durante a forte chuva ocorrida no final da tarde deste domingo, dia 17, em Criciúma, um homem...

Prisão, roubo e morte são registrados em Criciúma

Prisão, roubo e morte são registrados em Criciúma

Por volta da 1h da madrugada deste domingo, dia 17, um motorista de 47 anos, morreu após se...