Por falta de pagamento, paralisação será realizada no Casep de Criciúma

Funcionários do Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Criciúma, local...

Por Tcharlles Fernandes

Funcionários do Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Criciúma, local que abriga menores infratores, realizarão uma paralisação com início amanhã pela manhã. O motivo é a falta de pagamento com atraso de dois meses. Esta não é a primeira vez que ocorre o impasse. No ano passado houve uma paralisação pelo mesmo motivo. Tumultos provocados por adolescentes chegaram a ser registrados por conta da proibição de visitas de familiares e saída aos pátios.

“O Casep está lotado de adolescentes. Falaram que não pagaram ainda porque estão devendo R$ 900. Já foi avisado que vamos todos pra rua (demissão) no dia 24 de dezembro”, relatou um funcionário. “Amanhã às 7h vamos cruzar os braços e ir pra frente do Casep”, adiantou.

Na primeira paralisação no final do ano passado, funcionários que deram entrevista e foram identificados foram demitidos em seguida por represália. O Casep até então era sob administração terceirizada pela ONG Multiplicando Talentos, alvo de uma operação do Gaeco por desvio de verbas o qual o presidente, Eduardo Milioli, segue preso. Desde a Operação Talentos, o Estado assumiu diretamente a administração.   Fonte: Rádio Hulha Negra

Recomendados para você

Autor de diversos roubos em Criciúma é preso pela PM

Autor de diversos roubos em Criciúma é preso pela PM

Canil e Rocam prestaram apoio na ocorrência.

Um herói que tomba: policial que se envolveu em acidente falece no hospital

Um herói que tomba: policial que se envolveu em acidente falece no hospital

Na Polícia Militar desde 2016, o Soldado era querido pelos seus companheiros de farda.

Polícia Militar recupera veículo tomado de assalto em Críciúma

Polícia Militar recupera veículo tomado de assalto em Críciúma

O veículo foi encaminhado para delegacia onde o proprietário fará sua retirada.