Trump e Bolsonaro trocam camisas e elogios na Casa Branca

Trump disse que presidente brasileiro está fazendo "um excelente trabalho" e que o Brasil nunca esteve tão próximo dos Estados Unidos.

Por Redação

O presidente norte-americano, Donald Trump, disse nesta terça-feira (19) que os Estados Unidos não têm nenhuma hostilidade com o Brasil, mencionou a possibilidade de uma participação brasileira na Otan ou outra aliança estratégica e declarou apoio à entrada do País na OCDE.

Em rápidos comentários ao iniciar encontro com Jair Bolsonaro, na Casa Branca, Trump disse que o presidente brasileiro está fazendo "um excelente trabalho" e que o Brasil nunca esteve tão próximo dos Estados Unidos. Diante da imprensa, os dois líderes trocaram camisas de futebol das seleções de seus países.

No encontro, Bolsonaro destacou que o presidente dos Estados Unidos quer uma "América grande", e ele deseja ver "um Brasil grande". O presidente voltou a afirmar que após décadas o Brasil deixou de ter um mandatário "antiamericano", ressaltando que ainda tem muito a conversar com Trump.

Trump disse que está avaliando o que os EUA têm que podem ajudar o Brasil. Sobre a Venezuela, Trump disse que iria discutir com Bolsonaro sobre a situação do país comandado por Nicolás Maduro, devido a crise político-econômica. O presidente dos EUA reforçou que todas as opções estão sobre a mesa.

Recomendados para você

Criminoso armado mata 13 pessoas em bar da Califórnia

Criminoso armado mata 13 pessoas em bar da Califórnia

O presidente Donald Trump ofereceu condolências às vítimas e aos sobreviventes do ataque.

Japão: tufão deixa rastro de destruição, mortos e feridos

Japão: tufão deixa rastro de destruição, mortos e feridos

Os ventos alcançaram 220 km/h em alguns pontos.

A ponte que simboliza o desespero do êxodo venezuelano

A ponte que simboliza o desespero do êxodo venezuelano

Ponte que liga San Antonio del Táchira, na Venezuela, a Villa Del Rosario, do lado colombiano, se tornou símbolo do êxodo de venezuelanos.