Loja da esposa de subcomandante da PM de Criciúma é alvo de pichações

Ninguém foi preso.

Por Tcharlles Fernandes


Por volta da 1h30min da madrugada desta sexta-feira (29), moradores do bairro Quarta Linha, em Criciúma, foram acordados ao som de disparos de arma de fogo. Em um grupo de WhatsApp do bairro, alguns moradores informaram ter ouvido ao menos 10 estampidos próximo da igreja católica, nos fundos de uma loja.

A reportagem esteve no local e não percebeu nenhuma movimentação. Próximo da igreja, na única loja da rua, foi constatado algumas pichações direcionadas ao subcomandante da Polícia Militar de Criciúma, Major Alberto Cichella. Em uma das pichações estava escrito “Vaza Ciquela (sic) vagabundo”. A loja pertence a esposa do Oficial. 

Não foi visto marca de disparos no local. Até o momento em que nossa equipe permaneceu na loja, a Polícia Militar não se fez presente. A Polícia Civil deve investigar o caso. 

No ano passado, o mesmo Oficial já havia passado por uma situação semelhante. Na ocasião, em Içara, uma bateria de fogos foi disparado em frente ao quartel da PM no dia em que foi anunciado a transferência do Major para Criciúma. 

Recomendados para você

Praças da Polícia Militar localizam estufa de maconha no bairro Verdinho em Cricúma

Praças da Polícia Militar localizam estufa de maconha no bairro Verdinho em Cricúma

Os envolvidos confessaram que o material estava sendo cultivado para venda.

Durante abordagem, traficante tenta matar policial atropelado em Criciúma

Durante abordagem, traficante tenta matar policial atropelado em Criciúma

O policial passa bem.

Mulher é sequestrada e passa o dia todo em poder dos bandidos

Mulher é sequestrada e passa o dia todo em poder dos bandidos

Apesar do susto, a mulher passa bem.