Em andamento: acidente deixa três vítimas em estado grave em Morro da Fumaça

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital São José.

Por Tcharlles Fernandes


Foi registrado, por volta das 21h30min da noite desta sexta-feira (7), um acidente grave na SC-443 no bairro Esperança, em Morro da Fumaça.

Conforme informações preliminares colhidas no local da ocorrência pela nossa reportagem, um caminhão que trafegava em direção ao Centro de Morro da Fumaça, vindo da BR-101, ficou sem freios. Para não colidir no veículo da frente, o motorista teria “jogado” o caminhão para pista de rolamento, colidindo frontalmente com um Chevrolet Prisma que seguia em direção à BR-101.

Com o impacto, o caminhão tombou às margens da rodovia. No carro haviam três pessoas, duas crianças e um adulto. O Corpo de Bombeiros Militar (CBM), juntamente com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foram acionados para prestar apoio na ocorrência e conduziram as vítimas em estado grave para o Hospital São José (HSJ), em Criciúma.

Uma criança, de dois anos, teve Traumarismo Craniano Encefálico (TCE). A segunda criança, de oito anos, teve ferimentos no tórax. O condutor do caminhão, de 30 anos, fraturou o fêmur. A mãe das crianças, que estava no carro, teve ferimentos leves. As crianças estão em estado grave.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) também foi acionada e assumiu a ocorrência para confecção dos tramites cabíveis.

Recomendados para você

Exclusivo: Polícia Rodoviária Federal prende cinco bandidos envolvidos em assalto em Criciúma

Exclusivo: Polícia Rodoviária Federal prende cinco bandidos envolvidos em assalto em Criciúma

A prisão ocorreu em Torres.

Bandidos armados invadem residência, rendem vítimas e roubam joias e dinheiro

Bandidos armados invadem residência, rendem vítimas e roubam joias e dinheiro

Apesar do susto as vítimas passam bem.

Mais de 230 motoristas flagrados ultrapassando em local proibido no final de semana

Mais de 230 motoristas flagrados ultrapassando em local proibido no final de semana

Número de infrações foram registradas somente nas rodovias federais catarinenses