Santa Catarina: mais de mil presos são liberados por causa do coronavírus

Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa informou que segue determinação judicial.

Por Tcharlles Fernandes

A Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) anunciou a liberação de 1.077 detentos em Santa Catarina. Conforme nota enviada à imprensa, a medida segue determinação do Poder Judiciário, em função da pandemia de coronavírus.

A medida atinge internos próximos de progredir para o regime aberto, além de idosos e portadores de doenças crônicas. Conforme o governo do Estado, os detentos começaram a ser soltos ao longo dos últimos dias, de forma gradativa.

Logo após o decreto, que declarou estado de emergência no território catarinense, a secretaria da Administração Prisional decidiu suspender as visitas nos presídios. Como consequência, o efetivo de segurança foi reforçado nas unidades.

Infectologista questiona decisão

O médico Amaury Mielle pondera se não seria mais fácil manter os indivíduos em quarenta onde estão e restringir visitas que pudessem levar a infecção para dentro do presídio. Outro questionamento do infectologista é se fora das unidades prisionais os detentos não estão mais expostos ao vírus.

“Me parece um paradoxo muito grande. Se você tem um indivíduo restrito, sob determinado isolamento, liberá-lo é contrassenso. É mais fácil fazer bloqueio, como restringir ou proibir visitas”, defende o médico.

Fonte: ND

Recomendados para você

Ônibus com comerciantes de Criciúma é assaltado chegando em Joinville

Ônibus com comerciantes de Criciúma é assaltado chegando em Joinville

Algumas pessoas ficaram feridas.

Fim de semana termina com cinco mortes em acidentes nas rodovias de SC

Fim de semana termina com cinco mortes em acidentes nas rodovias de SC

Colisões aconteceram entre sábado (8) e domingo (9) nas regiões Norte, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Extremo-Oeste do Estado.

SC é o quarto estado com mais pedidos de posse de armas desde o início do ano

SC é o quarto estado com mais pedidos de posse de armas desde o início do ano

Estado concentra a quarta maior procura do país por autorização de posse desde o início do ano.