Mercado de Criciúma vende leite destinado a alimentação escolar

Procurado, o fornecedor não se manifestou ainda.

Por Tcharlles Fernandes

Circula nas redes sociais desde o início da tarde deste domingo (03), imagens feitas no interior do Supermercado Marcon, localizado no bairro Jardim União, em Criciúma, onde é possivel ver embalagens de leites sendo expostos para venda. Ocorre que o leite da marca Terra Viva, produto de licitação, tem sua venda proibida por ser destinado à alimentação escolar em Santa Catarina. 

Em nota, o mercado confirmou os fatos e disse que não observou a restrição no momento da entrada da mercadoria. Leia a nota:

O Supermecado Marcon alinhado a boa conduta e transparência em suas relações, assim que tomou ciência do conteúdo constante na embalagem do produto leite terra viva, providenciou a retirada imediata das mercadorias até um esclarecimento por parte do fornecedor.

Infelizmente, não observamos a restrição que consta na embalagem quando da entrada da mercadoria, considerando o volume de entradas que ocorrem diariamente.

Ademais, em contato com o fornecedor, este argumentou que houve erro na hora de expedir a mercadoria enviada, haja vista que nos enviaram produtos que seriam destinados a órgãos públicos, objetos de licitação.

O produto não é impróprio para consumo, portanto, a descrição ali constante apenas restringe a comercilização considerando a destinação específica do lote de produção, todavia, caso algum consumidor se sinta lesado de alguma forma, pedimos que apresente o cupom fiscal para que o supermercado providencie o reembolso ou substituição do produto por outro semelhante.

Por fim, renovamos nosso compromisso com a transparência e verdade, pedindo desculpas pelo ocorrido, nos colocando à disposição para qualquer esclarecimento adicional.

Um inquérito policial deve ser instaurado para apurar o caso.

 

Recomendados para você

Morreu: ladrão invade galinheiro e morre eletrocutado ao tentar furtar galinhas

Morreu: ladrão invade galinheiro e morre eletrocutado ao tentar furtar galinhas

A cerca elétrica atendia as especificações legais exigidas por Lei.

Após homicídio, criminosos incendeiam duas residências em Criciúma

Após homicídio, criminosos incendeiam duas residências em Criciúma

A Polícia Civil investigará os casos.

Trabalhador morre ao cair de telhado de empresa em Jaguaruna

Trabalhador morre ao cair de telhado de empresa em Jaguaruna

A vítima morreu na hora.