Em Criciúma: por causa do Covid-19, comandante da PM local determina abordagem a ônibus

As abordagens devem continuar ao longo da semana.

Por Tcharlles Fernandes

A Polícia Militar de Criciúma, desde o início da manhã de hoje (02), por determinação do comandante do 9° Batalhão, Tenente-coronel Cristian Dimitri Andrade, intensificou as abordagens aos ônibus da Associação Criciumense de Transporte Urbano (Actu).

A operação tem objetivo de fiscalizar se as medidas impostas pelo governo do estado no combate ao novo coronavírus estão sendo cumpridas. Durante as abordagens, os policiais verificam se os usuários do transporte coletivo estão de máscara e se a empresa de ônibus está agindo para que seja respeitado o distanciamento entre o passageiros, não permitindo a “superlotação”.

Alguns policiais ouvidos pela nossa reportagem contestam a determinação por parte do comandante. “Já assumimos o serviço com a missão de intensificar as abordagens aos ônibus de linha, principalmente os que rodam nos bairros Quarta Linha e Laranjinha. Não tem cabimento fazer isso com os trabalhadores. Se eles estão nos ônibus, com certeza são pais e mães de família que precisam trabalhar e irão respeitar as medidas sanitárias. A gente aborda, para o ônibus no sol e faz a verificação. Isso demora uns 10 minutos. Além do constrangimento aos trabalhadores, eles acabam se atrasando por nossa causa. Sem contar que a cidade fica parcialmente desguarnecida, pois várias guarnições estão empenhadas nessa tarefa. Existe outros setores que poderiam fazer esse serviço. Lamentamos essa determinação”, disse um policial que não quis se identificar.

Procurada via telefone, até o momento ninguém da PM atendeu a reportagem. O espaço segue aberto. 

Recomendados para você

Motociclista morre após colisão com trem em Criciúma

Motociclista morre após colisão com trem em Criciúma

A vítima ainda não foi identificada.

Tempestade em Santa Catarina deixa mortos e feridos

Tempestade em Santa Catarina deixa mortos e feridos

As vítimas são de Presidente Getúlio.

Assalto ao Banco do Brasil e o sucateamento da Polícia Militar em Criciúma

Assalto ao Banco do Brasil e o sucateamento da Polícia Militar em Criciúma

O crime, passível de cena de filme, engana a quem pensa que esse fatídico dia aconteceu por acaso.