Thayni Librelato é a primeira mulher a assumir presidência da ACIO

No comando da Associação Empresarial de Orleans, Thayni quer incentivar o empreendedorismo e maior participação feminina em cargos executivos nas empresas da região.

Por Redação

A executiva Thayni da Silva Librelato, 35 anos, membro do conselho de administração da Librelato, acaba de assumir oficialmente a presidência da Associação Empresarial de Orleans (ACIO), uma das mais importantes e ativas entidades empresariais de Santa Catarina, com mandato até dezembro de 2020. Com a posse, Thayni torna-se a primeira mulher a comandar a associação nesses quase 50 anos de história e também a única presidente mulher no extremo sul.

Formada em Direito e Administração de Empresas e pós-graduada em gestão empresarial, marketing e pós-graduanda em gestão financeira, Thayni já atuava na entidade como vice-presidente desde 2015.

“Assumimos hoje esse grande desafio com a missão de trabalharmos unidos, meio empresarial, poder público, políticos e toda a sociedade em um único objetivo, o de levar mais desenvolvimento para Orleans. Por isso, estamos realizando um trabalho muito forte com vistas a incentivar cada vez mais o empreendedorismo e, sobretudo, valorizando muito a participação das mulheres em postos de comando nas empresas da região”, comenta a presidente.

A cerimônia de posse da nova presidente aconteceu no Centro de Vivências do Unibave, em Orleans, nesta terça-feira, dia 04, com a presença de lideranças da cidade e da região e com a participação dos “Caçadores de Bons Exemplos”, que fizeram uma palestra durante evento.

Fonte: Librelato

Recomendados para você

SC é o segundo Estado do país que mais criou vagas de emprego em outubro

SC é o segundo Estado do país que mais criou vagas de emprego em outubro

Santa Catarina terminou outubro como o Estado com o segundo maior saldo positivo de vagas de...

 Taurus perde mais de R$ 400 milhões em valor de mercado em 2 dias

Taurus perde mais de R$ 400 milhões em valor de mercado em 2 dias

Dado é da Economatica; em dois pregões, as ações da empresa já despencaram mais de 50%.

'Gatos' fazem Brasil perder energia suficiente para abastecer SC por um ano

'Gatos' fazem Brasil perder energia suficiente para abastecer SC por um ano

Levantamento da Aneel mostra que, em um ano, 31,5 mil gigawatts foram furtados, desviados ou fraudados.