Consequências da Covid-19 na saúde mental são debatidas na Unesc

Evento é promovido pelo Laboratório de Psiquiatria Translacional e segue neste sábado.

Por Tcharlles Fernandes

A pandemia ainda não terminou. Uma frase que ouvimos constantemente, mas mesmo que já tivesse terminado, os debates de suas consequências continuariam. Isso é o que a Unesc segue fazendo, como vem ocorrendo desde 2020.

A discussão é proposta pelo Laboratório de Psiquiatria Translacional durante a  20ª edição do Simpósio de Psiquiatria Translacional na Interface Cérebro e Mente, que iniciou na tarde desta sexta-feira (16/09), e segue neste sábado (17/09), com uma série de palestras voltadas ao compartilhamento de informações sobre os efeitos da Covid-19 na saúde mental dos seres humanos. 

Entre as temáticas do evento, que acontece de forma híbrida, estão as consequências do coronavírus e a relação com quadros de ansiedade, depressão e transtorno bipolar. Além disso, são abordados os reflexos à saúde de pacientes de diferentes fases de vida, desde crianças e adolescentes, até gestantes e idosos. No total o evento conta com 14 palestras, divididas entre estas e outras abordagens em torno do assunto central.

“O Laboratório de Psiquiatria Translacional da Unesc completa 20 anos em 2022, a mesma idade do Simpósio, então este é um ano especial. Agradeço a comissão organizadora, pois foi um trabalho de todos para que o evento acontecesse. Obrigado pelo empenho e dedicação que nos permitiu estar aqui. Obrigado a todos que estão participando de maneira presencial ou online e aos palestrantes que deixaram os seus afazeres, as suas cidades e vieram abrilhantar o nosso evento”, comentou a coordenadora do Simpósio, Gislaine Zilli Réus, durante o evento de abertura que ocorreu na noite desta sexta-feira.

Após a abertura oficial, a palestra magna “Medo paralisante: transtornos de ansiedade e a Covid-19”, com o Dr. Egídio Nardi, encerrou o primeiro dia do evento.

Evolução

Os participantes podem optar por assistir às palestras de maneira presencial no Auditório Ruy Hülse, ou de forma online por meio do canal da Unesc TV no Youtube, com emissão de certificado para os inscritos.

“É um prazer estar aqui no 20º Simpósio. Depois do professor João Quevedo, sou a professora mais antiga do laboratório e isso é uma honra para mim porque me fez acompanhar toda a evolução. Este é o primeiro Simpósio realizado após a pandemia, de forma híbrida, então estamos voltando ao presencial e este calor humano é muito mais saudável”, destacou a coordenadora do Laboratório de Psiquiatria Translacional, Alexandra Zugno.

O coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (PPGCS), Emílio Luiz Streck, disse que o sucesso da iniciativa não é surpresa, pois é sempre carregado de muita qualidade e conteúdo. “Temos um laboratório de muito sucesso, com uma história bonita e com um grande futuro. Este é um ano de muita festa, onde começamos a retomar a vida, então é importante debater estes assuntos da pandemia e o que ela nos deixou”, falou.

Momento único de aprendizado

Para os participantes, o Simpósio é um momento único para debater um assunto tão pertinente. “É muito importante porque a psicologia, em paralelo com a psiquiatria, faz algo completo de como podemos cuidar da mente, em especial depois de um período traumático e as sequelas que ele vêm deixando. Os palestrantes vieram com muita bagagem e, além das palestras desta sexta-feira, estou muito empolgada para o sábado”, citou a acadêmica do curso de Psicologia, Pâmela Leal Ramos.

A programação completa dos dois dias de evento, assim como o currículo dos palestrantes, pode ser conferida no site bit.ly/simposiopsiquiatria. O Simpósio tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Debate iniciado na tarde desta sexta-feira

O evento teve início na tarde desta sexta-feira com uma série de palestras, entre elas: “A relação do estresse e da depressão com a Covid-19”, com Dra. Gislaine Zilli Réus; “O transtorno bipolar e a Covid-19”, com Dra. Adriane Ribeiro Rosa; “Pricogeriatria: o idoso e a Covid-19”, com a Dra.  Débora Guerini de Souza, entre outras.

Confira a programação deste sábado:

8h30min: Inscrições e entrega de material

9h: Pandemia da Covid-19 e psicoses, com Dr. Henrique Fogaça

9h30min: Impacto da pandemia na saúde mental: o papel da epigenética, com Dr. Gabriel Rodrigo Fries

10h: Roda de conversa

10h15min: Coffee Break

10h30min: A pandemia, a gestante e a geração futura, com Dra. Ritele Hernandez da Silva

11h: O impacto da pandemia no aprendizado de crianças e adolescentes, com a Dra. Lilian Lucas

11h30min: Os traços da Covid-19 na saúde mental de crianças e adolescentes, com Dra. DEISY Porto

12h: Roda de Conversa

12h15min: Intervalo para o almoço

14h: Síndrome pós-Covid-19: os resultados a longo prazo, com Dr. Felipe Dal Pizzol

14h30min: Vida pós-pandemia: mindfulness como estratégia terapêutica baseada em evidência para a saúde mental, com Dr. Marcelo Marcos Piva Demarzo

15h: Roda de Conversa

15h15min: Encerramento

Recomendados para você

Unesc realiza campanha de arrecadação de donativos para vítimas das enchentes no RS

Unesc realiza campanha de arrecadação de donativos para vítimas das enchentes no RS

Ponto de coleta está localizado no bloco Administrativo até a próxima sexta-feira (15/09).

Unesc inaugura mais um serviço de atendimento à comunidade

Unesc inaugura mais um serviço de atendimento à comunidade

A solenidade que contou com professores, acadêmicos e lideranças locais foi realizada na tarde desta quarta-feira (08/03), na Unesc.

Colégio Unesc promoverá exposição de robôs durante ação nesta sexta-feira no Rincão

Colégio Unesc promoverá exposição de robôs durante ação nesta sexta-feira no Rincão

Atividade é aberta ao público e ocorrerá das 19h às 22h no Contêiner da Universidade.