Japão pede que funcionários tirem folga segunda de manhã

A principal causa são doenças cardíacas e mentais associadas à exaustão.

Por Tcharlles Fernandes

Um comunicado foi emitido pelo governo do Japão para os trabalhadores tirarem folga em uma manhã de segunda-feira por mês. Segundo o Ministério da Economia, o pedido faz parte de um plano criado em 2017 para estimular o consumo e incentivar as empresas a liberar os funcionários mais cedo na última sexta-feira do mês. O dia, no entanto, foi mudado para a segunda.

Além disso, o governo quer reduzir o número de horas extras, controlar o excesso de trabalho e equilibrar a vida profissional e pessoal dos japoneses. Em 2016, uma pesquisa com 10 mil trabalhadores descobriu que mais de 20% faziam mais de 80 horas extras por mês. Desde os anos 1960, o país registra casos de karoshi (morte por excesso de trabalho). A principal causa são doenças cardíacas e mentais associadas à exaustão.

Recomendados para você

Criminoso armado mata 13 pessoas em bar da Califórnia

Criminoso armado mata 13 pessoas em bar da Califórnia

O presidente Donald Trump ofereceu condolências às vítimas e aos sobreviventes do ataque.

Moradores da costa leste dos EUA deixam litoral enquanto furacão Florence se aproxima

Moradores da costa leste dos EUA deixam litoral enquanto furacão Florence se aproxima

Governo obrigou que 1,7 milhão de pessoas deixassem as cidades do litoral. Com ventos de 225 km/h, Florence deve atingir a Carolina do Norte entre a noite de quinta e a manhã de sexta-feira.

Japão: tufão deixa rastro de destruição, mortos e feridos

Japão: tufão deixa rastro de destruição, mortos e feridos

Os ventos alcançaram 220 km/h em alguns pontos.