Ricardo Guidi (PSD) ganha vaga de Ana Paula Lima (PT) na Câmara após liminar do TSE

A decisão foi tomada nesta quinta-feira.

Por Redação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atendeu a pedido de liminar e determinou a suspensão do deferimento da candidatura a deputada federal de Ivana Laís, do Partido dos Trabalhadores. Com isso, os 491 votos de Ivana que haviam se somado ao coeficiente do PT foram retirados e Ana Paula Lima deixou de figurar na lista de deputados eleitos. Volta a ocupar a cadeira Ricardo Guidi (PSD), que foi o nome que apareceu entre os 16 eleitos no dia 7 de outubro.

A candidatura de Ivana foi indeferida por não apresentar uma certidão do Tribunal Regional Federal da 4ª região, obrigatória a todos os candidatos. O PT pediu a reanálise da questão após o primeiro turno das eleições, quando faltou apenas um voto para que o partido conseguisse eleger Ana Paula Lima.

A maioria no TRE-SC aceitou o argumento da defesa de que Ivana, que não tinha advogado, deveria ter sido pessoalmente notificada a apresentar o documento que faltava e não apenas no mural eletrônico - praxe no tribunal.

Recomendados para você

STF mantém cancelamento de 125 mil títulos de eleitores catarinenses

STF mantém cancelamento de 125 mil títulos de eleitores catarinenses

O número de eleitores este ano deve ultrapassar mais de 147 milhões.

Governador entrega ordens de serviço para revitalização de duas rodovias do Extremo Sul nesta terça-feira

Governador entrega ordens de serviço para revitalização de duas rodovias do Extremo Sul nesta terça-feira

O ato acontecerá às 16h no auditório da Prefeitura de Sombrio.

Bolsonaro mantém liderança; Ciro sobe e empata com Marina, diz Ibope

Bolsonaro mantém liderança; Ciro sobe e empata com Marina, diz Ibope

No primeiro levantamento após o TSE barrar a candidatura de Lula, candidato do PSL permanece na frente, seguido pelos presidenciáveis da Rede e do PDT; pesquisa registra queda nas intenções de voto nulo ou em branco.