Polícia Civil de Cocal do Sul reabre caso Juarez Ramos, assasinado em 2016

As informações foram repassadas pelos delegados do caso.

Por Tcharlles Fernandes

A Polícia Civil de Santa Catarina, anunciou na tarde desta quarta-feira (26) que reabriu o Inquérito Policial (IP) que apura o caso de Juarez Ramos, assassinado em 2016 na cidade de Cocal do Sul. O homem tinha 74 anos e foi encontrado morto ferido por disparos de arma de fogo. 
 
Segundo a perícia, a vítima faleceu em razão de hemotórax, decorrente de traumatismo de vasos sanguíneos pulmonares, secundário a perfuração por projétil de arma de fogo, conforme o laudo de exame cadavérico. Foram três disparos contra a vítima.
 
Na época foi instaurado inquérito policial para apurar os fatos, sendo ouvidas diversas testemunhas. Neste mês de maio, diante de novas evidências, a investigação reiniciou quase cinco anos depois e pode estar se encaminhando para a conclusão com a descoberta da autoria do crime. 

Recomendados para você

Aposentada cai em golpe do bilhete premiado e perde R$ 100 mil em Criciúma

Aposentada cai em golpe do bilhete premiado e perde R$ 100 mil em Criciúma

O crime aconteceu nesta quarta-feira.

Polícia Militar faz grande apreensão de drogas em Criciúma; traficante foi preso

Polícia Militar faz grande apreensão de drogas em Criciúma; traficante foi preso

A prisão ocorreu no bairro Mina União.

Nenhum servidor de Criciúma aderiu ao lockdown não remunerado sugerido pelo prefeito

Nenhum servidor de Criciúma aderiu ao lockdown não remunerado sugerido pelo prefeito

O decreto foi assinado na última sexta-feira.