Em Criciúma: homem apanha após mulher proibir que ele saísse de casa para ir em casamento

Ninguém foi preso.

Por Tcharlles Fernandes

Uma ocorrência inusitada foi atendida pela Polícia Militar (PM) nesta quinta-feira (17) no bairro Progresso, em Criciúma. 

Segundo o boletim de ocorrência confeccionado pela PM, a vítima sofreu lesões leves. Chegando no local a guarnição conversou com o homem, o qual relatou que era testemunha de casamento de seu primo, que casaria hoje em um cartório da cidade. 

Ainda de acordo com o homem, no momento em que seu primo chegou para lhe buscar, sua esposa lhe proibiu de sair de casa, provocando indagação por parte dos nubentes. Por conta disso, os noivos invadiram a casa da vítima e passaram a lhe agredir com socos e chutes. 

Por conta das agressões, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e atendeu a vítima. Antes da PM chegar no local, os agressores fugiram. Ninguém foi preso. 

Recomendados para você

Homem é morto a tiros e tem o corpo carbonizado em Criciúma

Homem é morto a tiros e tem o corpo carbonizado em Criciúma

A vítima ainda não foi identificada.

Sargento do BOPE é homenageado por ato de bravura em Tubarão

Sargento do BOPE é homenageado por ato de bravura em Tubarão

O Sargento possui 18 anos de serviços prestados à sociedade catarinense.

Homem é morto a tiros no bairro Santo André em Criciúma

Homem é morto a tiros no bairro Santo André em Criciúma

Richard Guimarães Figueiredo tinha 27 anos.