Mãe denuncia tentativa de sequestro de seu filho em Morro da Fumaça

Outra mães também estão denunciando situações semelhantes.

Por Tcharlles Fernandes

Uma mulher moradora da localidade de Mina Flourita, em Morro da Fumaça, denunciou no início da tarde desta terça-feira (5) via redes sociais que seu filho sofreu uma tentativa de sequestro. Na publicação, a mulher cita os momentos de aflição. 

“Pessoal, cuidem, cuidem muito das suas crianças! Quem me conhece sabe o quanto eu fico em cima do meu menino, mas infelizmente todo cuidado é pouco. Ele estava brincando na área de casa, quando ouvi uma voz estranha chamando ele até o portão que por sorte estava trancado. Quando cheguei até a porta tinha uma mulher que eu nunca vi aqui tentando pegar ele pelo braço por cima do portão. Fui até meu filho e peguei ele. Ela perguntou se eu tinha só ele, que ele era muito lindo e que queria entrar pra tomar um copo de água e colocar o número da madrinha dela no meu celular (o que não tem lógica). Fui muito grossa, comecei a chorar, entrei em desespero e estava prestes a gritar, porque estou grávida e ela estava muito insistente, até que falei que iria chamar a polícia e ela saiu olhando pra todos os lados. Achamos que nunca vamos passar por uma situação até que ela acontece. Eu como mãe estou arrasada, tremendo e com medo dentro da minha própria casa”, disse a mãe. 

Através da publicação da mulher, outras mães da região também relataram situações semelhantes. A Polícia Civil investigará os casos que forem registrados. 

Recomendados para você

Bandidos armados invadem residência, rendem vítimas e roubam joias e dinheiro

Bandidos armados invadem residência, rendem vítimas e roubam joias e dinheiro

Apesar do susto as vítimas passam bem.

Mais de 230 motoristas flagrados ultrapassando em local proibido no final de semana

Mais de 230 motoristas flagrados ultrapassando em local proibido no final de semana

Número de infrações foram registradas somente nas rodovias federais catarinenses

Presidente da ACTU diz que demissões serão inevitáveis sem o retorno do transporte

Presidente da ACTU diz que demissões serão inevitáveis sem o retorno do transporte

Essa é a maior crise na história do Brasil.