Mulher grávida morre ao cair de prédio no Centro de Criciúma; não se descarta feminicídio

Pouco antes da vítima ser encontrada morta, a PM havia sido acionada para atender uma ocorrência onde uma mulher estaria pedindo socorro no local.

Por Tcharlles Fernandes


A Polícia Militar (PM) foi acionada por volta das 3h da madrugada deste domingo (05) para atender uma ocorrência em tese de suicídio, na rua Almirante Barroso, no Centro de Criciúma.

Chegando no local, os policiais foram informados pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que uma mulher de 29 anos de idade estava morta, pois teria caído da sacada do seu apartamento.

Em conversa com testemunhas, os policiais entrevistaram o cunhado da vítima. O homem relatou que dividia o apartamento onde ocorreu o fato, com a vítima e seu irmão, namorado da mulher. O homem informou também que ontem (04), por volta das 19h, seu irmão e a vítima tiveram algumas discussões. Com objetivo de evitar maiores transtornos, de acordo com a testemunha, os irmãos teriam saído do local e foram para uma quitinete no bairro São Luiz, deixando a vítima sozinha no apartamento.

Ainda segundo a versão apresentada pelo cunhado, na madrugada deste domingo, por volta das 2h, seu irmão e ele retornaram ao apartamento, momento que encontraram a vítima morta, próximo à garagem.

A segunda testemunha, então companheiro da vítima, também foi ouvida. O homem disse aos policiais que saiu do apartamento por volta das 13h de ontem (04) pois estava discutindo com a vítima, tendo segundo ele ficado das 13h até às 22h andando pelas ruas da cidade. Entre às 22h do dia 04 e 02h30min desta madrugada, o companheiro da vítima disse que estava na casa de um amigo. Após isso, o namorado da vítima falou que voltou para o apartamento com seu irmão e constatou sua companheira já em óbito. O homem contou aos policiais que a mulher estava grávida de quatro meses.

Com objetivo de apurar mais fatos, os policiais entraram no apartamento, encontrando um número significativo de garrafas de cerveja espalhadas no interior do imóvel, sendo que no quarto do casal foi encontrado uma caixa de remédios controlados. No banheiro do apartamento foi encontrado um lenço com sangue.

Após a varredura feita, foi constatado furos na rede de proteção de uma sacada localizada nos fundos do prédio, sendo que os furos alinham-se verticalmente com o local onde a vítima teria caído.

No boletim de ocorrência confeccionado pela PM, foi ressaltado que entre os dias 04 e 05, ou seja, ontem e hoje, duas ocorrências no local foram registradas pela Central Regional de Emergência (CRE). A primeira ocorrência foi gerada por volta das 12h do dia 04 e tratou-se de uma mulher grávida pedindo socorro, sendo constato no local pela PM apenas o namorado da vítima presente.

A segunda ocorrência foi gerada às 02h55min desta madrugada, pouco antes da ocorrência supostamente de suicídio. A ocorrência tambem tratava-se de uma mulher pedindo socorro. Quando os policiais chegaram no local, a vítima já estava morta.

A Polícia Civil (PC) e o Instituto Geral de Perícias (IGP) também estiveram no local. Os irmãos foram liberados na delegacia por falta de ementos suficientes de prova para fazer um possível flagrante. A polícia, por conta dos indícios, não descarta um possível crime de feminicídio. O caso já está sendo investigado.

Recomendados para você

GR-9 segue em ritmo acelerado: mais um traficante é preso em Criciúma

GR-9 segue em ritmo acelerado: mais um traficante é preso em Criciúma

A prisão ocorreu no bairro São Francisco.

Em andamento: bandidos invadem residência, rendem vítimas e roubam veículo em Criciúma

Em andamento: bandidos invadem residência, rendem vítimas e roubam veículo em Criciúma

Apesar do susto, as vítimas passam bem.

Com medo de nova greve dos caminhoneiros, motoristas formam filas para abastecer em Criciúma

Com medo de nova greve dos caminhoneiros, motoristas formam filas para abastecer em Criciúma

Em alguns postos da região já não há mais combustível.