Jovem traficante de SC é detida em Roma com 3,2 kg de cocaína

Segundo a Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas de SC, suspeita é que Amanda Refatti Viezzer, de 19 anos, tenha sido aliciada pelo tráfico de drogas.

Por Tcharlles Fernandes

A jovem Amanda Refatti Viezzer, de 19 anos, moradora de Florianópolis, está presa em Roma, na Itália, informou nesta sexta-feira, dia 28, a Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas de Santa Catarina (DPPD-SC). Segundo a Polícia Civil, ela foi barrada na imigração do aeroporto com 3 quilos e 200 gramas de cocaína escondidos em um fundo falso de uma mala. A suspeita é de que Amanda tenha sido aliciada para o transporte de drogas.

A família chegou a comunicar o desaparecimento da jovem no último sábado, dia 22. Na mesma data, conforme a polícia, a jovem foi presa. Ela deve responder por tráfico internacional de drogas, com pena de dois a seis anos.

De acordo com a polícia, uma advogada do consulado do Brasil na Itália está em contato com a família de Amanda. Conforme a DPPD-SC, tanto a polícia italiana quanto a brasileira estão envolvidas no caso, mas as investigações estão em sigilo.

Ainda segundo a polícia, somente em 2017, duas mulheres e um homem de Santa Catarina foram presos na mesma situação em aeroportos internacionais, aliciados pelo tráfico de drogas.

Recomendados para você

Boeing cai na Indonésia com 189 pessoas a bordo

Boeing cai na Indonésia com 189 pessoas a bordo

A aeronave perdeu contato 13 minutos depois da decolagem do Aeroporto de Jacarta, na manhã desta segunda.

Após furacão Florence, milhares de peixes mortos aparecem em estrada

Após furacão Florence, milhares de peixes mortos aparecem em estrada

Bombeiros da Carolina do Norte trabalham na remoção dos animais, que estavam em estado de decomposição

Japão pede que funcionários tirem folga segunda de manhã

Japão pede que funcionários tirem folga segunda de manhã

A principal causa são doenças cardíacas e mentais associadas à exaustão.