Empresário é assaltado e mantido refém por assaltantes

Assaltantes fortemente armados, encapuzados e violentos, renderam a família de um empresário...

Por Tcharlles Fernandes

Assaltantes fortemente armados, encapuzados e violentos, renderam a família de um empresário em Meleiro. Por volta das 04 horas da madrugada desta segunda-feira, dia 30, cinco criminosos renderam o vigia de um posto de combustível localizado em Meleiro, o amarraram e se deslocaram para a residência do proprietário do posto, anexa ao estabelecimento comercial.

Os assaltantes que estavam fortemente armados, arrombaram a porta da residência e fizeram de reféns as vítimas. Um homem conseguiu escapar e pulou da janela do segundo andar, pedindo socorro aos vizinhos, que acionaram a Polícia Militar. No interior do imóvel, os marginais muito violentos, amarraram o casal, exigindo dinheiro.

Do local, os assaltantes levaram um cofre com uma quantia em dinheiro que não foi repassado, relógio, celulares e demais pertences. Após o crime o quinteto fugiu em um Toyota Corolla. O homem que pulou a janela para pedir socorro, quebrou o pé. Conforme a PM, apesar das incessantes buscas, nenhum suspeito foi localizado.

Ainda segundo a PM de Turvo, o Corolla usado no assalto foi localizado abandonado nesta manhã de segunda-feira, por volta das 08 horas, no interior de Morro Grande, na divisa com Meleiro. Este veículo tem registro de roubo, crime ocorrido no último dia 25, em Morro da Fumaça.

Recomendados para você

Polícia estima que milhões de reais foram levados em assalto no Aeroporto de Blumenau

Polícia estima que milhões de reais foram levados em assalto no Aeroporto de Blumenau

De acordo a Polícia Civil, todo dinheiro que estava na aeronave foi levado.

Polícia registra sete mortes em acidentes durante o feriado em SC

Polícia registra sete mortes em acidentes durante o feriado em SC

O número é inferior ao mesmo período do ano passado.

Grande Florianópolis e Sul de SC receberão refugiados venezuelanos

Grande Florianópolis e Sul de SC receberão refugiados venezuelanos

Os refugiados serão acolhidos 15 casas-abrigos, em São José e Tubarão