Grande Florianópolis e Sul de SC receberão refugiados venezuelanos

Os refugiados serão acolhidos 15 casas-abrigos, em São José e Tubarão

Por Redação

A Cáritas, entidade de ajuda humanitária da Igreja Católica, se prepara para receber até o fim deste mês em Santa Catarina um grupo de 100 refugiados venezuelanos. O projeto é feito em parceria entre a Cáritas Brasileira e a Cáritas Suíça.
Florianópolis é uma das sete capitais brasileiras a receber uma estrutura de acolhimento da entidade, que terá profissionais da área de psicologia, assistência social e educação popular. A Cáritas pretende receber em Santa Catarina ao todo 200 imigrantes.

Os refugiados serão acolhidos 15 casas-abrigos, em São José e Tubarão. A preocupação da Cáritas é garantir que eles tenham acesso a postos de saúde, escolas e creches públicas. A entidade buscará emprego, cursos técnicos e apoio do poder público para que os venezuelanos consigam reconstruir a vida em SC.

A Cáritas inaugurou na última sexta-feira (9) a Casa de Direitos, onde as famílias receberão a primeira assistência, e promoveu um chá de panelas para receber doações. A instituição está cadastrando voluntários para auxiliar na recepção aos imigrantes.

Recomendados para você

Homem é assassinado a tiros em Criciúma

Homem é assassinado a tiros em Criciúma

O homicídio foi registrado em um bar no bairro São Sebastião.

PM recebe novos agentes temporários na região Sul de SC

PM recebe novos agentes temporários na região Sul de SC

Serão 31 novos agentes temporários que trabalharão em diversos setores da PM.

Acidente entre carro e caminhão deixa quatro mortos em Caçador

Acidente entre carro e caminhão deixa quatro mortos em Caçador

De acordo com a PMRv, uma das vítimas é uma criança de um ano de idade.