Grande Florianópolis e Sul de SC receberão refugiados venezuelanos

Os refugiados serão acolhidos 15 casas-abrigos, em São José e Tubarão

Por Redação

A Cáritas, entidade de ajuda humanitária da Igreja Católica, se prepara para receber até o fim deste mês em Santa Catarina um grupo de 100 refugiados venezuelanos. O projeto é feito em parceria entre a Cáritas Brasileira e a Cáritas Suíça.
Florianópolis é uma das sete capitais brasileiras a receber uma estrutura de acolhimento da entidade, que terá profissionais da área de psicologia, assistência social e educação popular. A Cáritas pretende receber em Santa Catarina ao todo 200 imigrantes.

Os refugiados serão acolhidos 15 casas-abrigos, em São José e Tubarão. A preocupação da Cáritas é garantir que eles tenham acesso a postos de saúde, escolas e creches públicas. A entidade buscará emprego, cursos técnicos e apoio do poder público para que os venezuelanos consigam reconstruir a vida em SC.

A Cáritas inaugurou na última sexta-feira (9) a Casa de Direitos, onde as famílias receberão a primeira assistência, e promoveu um chá de panelas para receber doações. A instituição está cadastrando voluntários para auxiliar na recepção aos imigrantes.

Recomendados para você

PRF apreende mais de 81 quilos de cocaína escondidos em picape, em Barra Velha

PRF apreende mais de 81 quilos de cocaína escondidos em picape, em Barra Velha

Alguns tabletes estavam marcados coma palavra "exportação".

Após quatro meses parados, concurso de oficiais da PM-SC é retomado

Após quatro meses parados, concurso de oficiais da PM-SC é retomado

O processo estava parado desde janeiro deste ano por recomendação do Ministério Público (MPSC).

Cinco pessoas morrem em acidentes nas rodovias federais de SC no fim de semana

Cinco pessoas morrem em acidentes nas rodovias federais de SC no fim de semana

Colisões aconteceram no Norte, na Grande Florianópolis e nas regiões Oeste e Extremo-Oeste do Estado entre sábado (23) e domingo (24).